A Hearts Bleed Blue (HBB), ao longo dos seus quase sete anos de atividade, já se consolidou no mercado da música como uma das principais gravadoras independentes do país. Só neste ano, o selo paulista acumulou 24 títulos nos mais variados formatos de lançamento: digital, vinil, fita cassete, CD e DVD.

Com o lema “música para colecionar”, a HBB é responsável por edições bem trabalhadas, com design gráfico primoroso, que leva a música alternativa a um novo patamar. Isso fica evidente nos lançamentos em vinil feitos pela gravadora, que em 2017 lançou “Peyote”(Hellbenders), “Futuro” (Magüerbes), “Sonho Médio” (Dead Fish) e o split “Autoramas & Mundo Alto”.

Entre os lançamentos em CD, DVD e K7 estão “Você Já Está Aqui” (Alf Sá), “Fexxxta”(Camarones Orquestra Guitarrística), “Nós Somos Tudo o Que Temos” (Dinamite Club), “YEAR 3000” (Water Rats), "Embracing the Sun" (The Bombers), “XXV Ao Vivo Em SP” (Dead Fish), “Ao Vivo” (Rancore), “Celebrating 25 Years” (Garage Fuzz), “We’re Not Alone” (Questions), “Processive Generation” (Water Rats & Magaly Fields), “A Interminável Necessidade de Ser” (Mundo Alto), “All About Love” (The Bombers), “Rude Awakening” (Running Like Lions) e os internacionais “As You Please” (Citizen) e “Good Nature” (Turnover), frutos da parceria com a gravadora americana Run For Cover.

A HBB também investiu nos lançamento digitais com os EPs “Surpresa / Nada A Declarar” e “Alguém / Texto de um Blog Qualquer” (Acidental), “Eulogy Maker/The Swan Song” (Taunting Glaciers), Fragmentos Subversivos (Institution) e “Armada”(Armada).

Ouça todos os lançamentos de 2017:
https://open.spotify.com/user/heartsbleedblue

HBB_2017.jpg

VEJA TAMBÉM