O fundador da banda Autoramas foi ao programa online “Meninos da Podrera” para um bate-papo descontraído sobre música. Gabriel falou das inúmeras turnês internacionais que já participou, de algumas curiosidades sobre as viagens, das mudanças de formação da banda criada em 1998, do “Prêmio Gabriel Thomaz de Música Brasileira”, do projeto Lafayette e os Tremendões, entre outros assuntos.

Corre lá: https://www.youtube.com/watch?v=aBjzLTdbsv8

“O Futuro dos Autoramas”
O sétimo disco do Autoramas, e o primeiro com a formação que conta com Gabriel Thomaz (voz e guitarra), Érika Martins (voz, guitarra, teclado e percussão), Melvin (baixo e vocal) e Fred Castro (bateria), foi lançado pela Hearts Bleed Blue (HBB) no primeiro semestre de 2016.

Com onze faixas (e um bônus track para as versões em CD e K7), o álbum foi produzido pelo Autoramas e por Lê Almeida - com seu trabalho mais que característico - e masterizado e mixado por Jim Diamond, produtor de Detroit que já trabalhou com bandas como Sonics, White Stripes e Dirtbombs. As gravações aconteceram em quatro estúdios diferentes no Rio de Janeiro: Toca do Bandido, Escritório, Superstudio e Estúdio da Warner-Chappell.

“É um lançamento muito importante, num momento crucial na carreira da banda. Ao mesmo tempo em que o projeto já rola há muito tempo, sentimos como se fosse uma nova banda, sangue novo. É o disco mais bem acabado do Autoramas e marca o início de uma nova fase, por isso o nome ‘O Futuro dos Autoramas’”, conta Gabriel Thomaz.

Garanta a sua cópia: www.hbbstore.com


VEJA TAMBÉM


NOVIDADES NA HBBStore.com