BIOGRAPHY//

Estamos aqui para revolucionar a música popular brasileira, para pintar de negro a Asa Branca, atrasar o Trem das Onze, pisar sobre as flores de Geraldo Vandré e fazer da Amélia uma mulher qualquer”, escreveu Clemente Nascimento em 1982, um ano depois da formação do Inocentes, grupo de performance poderosa e um dos porta-vozes do movimento punk no Brasil.

O anúncio era o que estava por vir no primeiro EP, “Miséria e Fome” (1983), e de lá para cá, o Inocentes passou por grandes gravadoras, foi consagrado no cenário nacional, participou de festivais importantes ao lado de bandas como Sex Pistols e Bad Religion, fez uma turnê com o Marky Ramone e acumulou na bagagem uma extensa discografia: “Pânico em SP” (1986), “Adeus Carne” (1987), “Inocentes” (1989), “Estilhaços” (1992), “Subterrâneos” (1994), “Ruas” (1996), “Embalado à Vácuo”(1999), “O Barulho dos Inocentes” (2001), “20 anos ao Vivo” (2002), “Labirinto” (2004) e “Sob Controle” (2013), além de diversas coletâneas, edições comemorativas e material em DVD.

Em 2019, o Inocentes lança em vinil 7” o EP “Cidade Solidão”, com três faixas inéditas e a regravação do clássico “Escombros”, lançado originalmente no álbum “Ruas”. Nos formatos CD e digital, o EP conta ainda com a faixa bônus “Terceira Guerra”, um cover da banda paulista Fogo Cruzado.

Anselmo Monstro (baixo), Nonô (bateria), Ronaldo Passos (guitarra) e Clemente Nascimento (voz e guitarra), compõem desde 1995 aquela que se tornou a mais clássica e duradoura formação do Inocentes.

 

CONTACT//

Booking 
Inocentes
Email

Publicity
Hearts Bleed Blue
Email

MEMBERS//

Anselmo Monstro
Clemente Nascimento
Nonô
Ronaldo Passos


RELEASES//


PHOTOS//

Photo: Murilo Amancio

Photo: Murilo Amancio


VIDEOS//


NEWS//